quinta-feira, 5 de março de 2009

10 e mais algumas coisas e que odeio.


Odiar os outros é fácil, e bom. Se odiar também é fácil, e ruim. É diferente ver o problema em alguém, e ver o problema em si próprio, sabendo que a mudança deve ser tomada e realizada por você. É sempre assim, a responsabilidade sendo nossa complica tudo.Por mais confiante que a pessoa seja, impossível amar-se. Ninguém é perfeito. Por mais clichê que essa frase seja.
Odeio roer minhas unhas, odeio meu nariz, odeio meu vício incontrolável por chocolate, odeio conseguir escrever o que eu não tenho coragem de falar e odeio mais umas várias coisinhas míseras para uns, mas comprometedoras para mim. Mas como com qualquer coisa da vida, a gente se acostuma e quem sabe, até o próprio problema nos ajuda de alguma forma.

Quem sabe eu roendo minhas unhas descontroladamente não entro para um Roedores de Unha Anônimos e encontro Danny Jones lá? Imagine "Quer dar uma roidinha lá em casa?" Que convite mais lindo, falem sério.


Júlia após escrever isso aqui irá fazer uma visitinha ao google e procurará uma comunidade de roedores de unhas anônimos.
Ok, podem me matar. Esse foi um dos piores posts que eu ja escrevi aqui. Ponham a culpa na cordenação do meu colégio, que colocou provas de matematica, geometria e fisica juntas. Ponham a culpa no McFly também, que não comprova logo as drogas de datas e me deixam tranquila.


Xoxo, Jubs.

2 freckledmaníacos.:

Dóri disse...

Postamos ao mesmo tempo, Jubs, er HAHAHA

Malú disse...

gostei, jú
:)
vou ler a fiic!
bjs

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin