quarta-feira, 25 de março de 2009

Dinheiro

É vendaval. É vendaval!
Poderia provar para o Jerri Dias (que quer ele queira, quer ele não, está inflando um pouco do ego que não deveríamos ter) que também sei falar sobre política, economia e comportamento social. Poderia falar pra vocês de como eu acho que a Cópula Gaussiana não influenciou tão diretamente assim a Crise Econômica, mas como vocês devem saber, eu fiz um ano de Administração, e em Administração eu aprendi sobre público alvo. Então eu faço Freckled para quem gosta de Freckled, oras!
Mas é interessante um post sobre dinheiro. É vendaval. Posso dar como exemplo ontem. Eu tinha R$2,50 na carteira. Estava no cursinho com uma fominha considerável e não tinha pão-de-queijo na cantina. Como boa franguívora que odeia catupiry, não comprei outro salgado qualquer, e sim, um saquinho de M&M's de amendoim. Como não me senti tão satisfeita, comprei outro. Logo, repito: Dinheiro na mão é vendaval e engorda quando você vive trancafiada em um cursinho que cheira a ar-condicionado. O meu dinheiro acabou depois dos dois saquinhos. Façam as contas, oras.
O meu dinheiro nunca dura. Comida é algo bastante interessante para se comprar, na minha concepção. Mas um amigo meu costuma dizer que comida é prazer momentâneo. Ele guarda sempre o seu dinheiro para gastar em artigos de anime, o que eu acho que é prazer momentâneo a longo prazo, porque algum dia ele vai se cansar dos DVDs e vai se perguntar:
- Por que eu deixei de comer aquele muffin de chocolate na Starbucks para comprar esse DVD que eu nem gosto mais?
Porque o prazer momentâneo da comida fica para sempre. Você se lembra do gosto e fica feliz. Ou com vontade, tanto faz. Eu, neste exato momento, fiquei com vontade de ir à Starbucks e comer o tal muffin. Mas as minhas lembranças de quando eu comi o muffin são boas, o gosto é maravilhoso, então eu fico feliz.
Logo, a comida não é um prazer tão momentâneo assim.
Sabe esse negócio de guardar dinheiro pro show do ano? Não funciona muito comigo. Sabendo disso, a minha mãe, ao ver os meus esforços para o McFly em maio, me disse: "Quando sair eu compro o ingresso pra você". Então tá ótimo. Ela comprou. Eu vou ao show do McFly. Eba.
Cartões de crédito também não prestam na minha mão. Se você pegar a minha fatura de janeiro, verá 80 reais gastos em comida. 7 reais gastos em filme na locadora. O cartão de crédito típico da gorda neo-pobre e cinéfila brasileira. Filme sem comida não tem graça.
Aliás, adoro comida com TV. Quando almoço, gosto de almoçar na hora do Video Show. Não vejo mais novela, infelizmente (eu ADORO novela, viva a sinceridade!). Mas gosto de ver os artistas delas dando entrevistas lá, participando do Video Game e coisas assim.
Este post está sendo feito na escola. Tenho prova de Química na última aula. É bom pensar que, com ela, me livro de um bimestre. Depois só faltam 3 bimestres aguentando essa coisa na minha vida, vestibular e... Voilà, Direito!
Direito. Direito. Não Jornalismo. Reforço de novo.
Se bem que eu andei pensando em prestar Economia...
Mas Direito é Direito, darling. A Economia? Quem garante que ela vai continuar firme e forte?

2 freckledmaníacos.:

cathee disse...

EU PREFIRO GASTAR MEU DINHEIRO COM OS MEUS MANGÁS E DVD'S DE ANIME DO QUE COMIDA. primeiro porque eu acho que não é algo momentâneo. segundo que eu AMO comer, mas engorda, ai eu gasto dinheiro e engordo (fico triste 2 vezes); e terceiro, se eu não gostar mais de um mangá eu vendo e ganho dinheiro, recomeçando o ciclo.

quero ver o mundo sair da crise mundial -qq

Jerri Dias disse...

Ah, tudo bem, vai ver eu que não entendi que o blog não é pra falar dessas coisas. Se não é, não é!

Claro que dá pra filosofar vendo TV. Eu filosofo tanto que minha mulher me manda calar a boca!

Ah, eu gasto dinheiro demais em comida, mas prefiro muitommais gastar el livros e DVDs, porque eu posso dividir o conhecimento e a cultura emprestando eles pra um monte de gente. Sim, eu sou uma biblioteca particular viva!
Jà comida não dá pra dividir sem passar fome, mas se for considerar as bactérias que habitam meu intestino e os ratos, baratas e mais bactÉrias que habitam o esgoto, eu divido minha comida com um monte de seres vivos ;)

Mas apaesar de nunca ficar devendo por cartão, eu sempre me espanto cxom a conta de restaurantes no fim do Mês...

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin