terça-feira, 17 de março de 2009

E eu vejo todo o encanto...


Indo embora, cada vez mais...

Meu mundo cor-de-rosa, que eu tanto amava, já não é mais tão rosa, ele já está perdendo sua essencia, está partindo, junto com minha personalidade antiga. Não sou eu quem está fazendo essa mudança, ela acontece por si só. Mas, mesmo assim, eu ainda consigo sentir que posso mudar isso, só não sei como. Eu quero mudar isso, quero meu mundo de fantasias de volta, aquele mundo sem malícia, mentiras e desigualdade, quero voltar a ver as pessoas por dentro, e não só as roupas que elas usam, quero sentar com as minhas amigas e conversar de como a aula foi boa, sobre o que eu sonhei, sobre a novela. Quero conversas saudáveis, e não somente chingamentos. Não quero falar o que não quero que pensem sobre mim, mas é instantâneo, como se fosse um próprio instinto meu, um instindo indesejado. Eu não quero ser assim. Quero ser quem eu era, e não quem eu sou.

Se eu já fui assim um dia, eu posso voltar a ser, não? É o que eu mais quero, só não consigo encontrar a velha Júlia no meio desse monte de coisas novas e ruins para mim, elas estão me atrapalhando, demais.

Quero sair de casa me sentindo bonita, do jeito que eu acho que estou, e não do jeito que eu acho que vão pensar. Quero ser mais confiante em mim mesma, e não ter vergonha de ser a Júlia antiga, aquela que não tinha medos e não se importava com a opinião alheia, o importante era se sentir bem. Eu já saí com roupas que eu odiei, que nunca imaginei que eu usaria, mas usei. Porque estava na moda, e todo mundo usava igual. E isso é o que? Uma brincadeira de gêmeas? Idiotas querendo se vestir igual? Eu apenas não sei responder. Porque isso está acontecendo comigo? Porque não posso simplesmente não ser mais tão egoísta e malvada? Porque não posso agir pelo sentimento, e não pela razão?
Aí, eu chego a resposta. Não sou eu que estou mudando, o mundo está mudando. Os corações puros das pessoas agora carregam ódio, no lugar do amor. Onde está a igualdade, a lealdade e a dignidade que antes estavam aqui? Elas foram embora, junto com todo encanto que as envolviam...


Foi sentimental e clichê, mas foi verdadeiro.
Xoxo,
Jubs.

5 freckledmaníacos.:

Maah ~ disse...

Gamei no texto man *-*
O mundo tá mudando pra pior, fato.

Raah disse...

adorei *-*
sim, o mundo tá um lixo.

x.inner.x disse...

me sinto EXATAMENTE assim ._.

quem eu sou odeia quem eu tenho sido, fato [e também é uma música do relient k, mas abafa ^^]

você se expressa tão bem... clichê mesmo seria se eu usasse o mesmo tema pra fazer post no meu blog, mas como todo mundo já diz que eu reclamo demais da vida mesmo, acho que vou poupar a internet dos meus dramas existenciais '-'

freckled cada vez melhor \0/

Dóri disse...

E eu concordo totalmente com você.

Anônimo disse...

quem eu sou odeia quem eu tenho sido, fato [2]

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin