quinta-feira, 2 de abril de 2009

Going away to college


Eu de volta, depois de muito, muito tempo.
Então, esse texto além de explicar o motivo da minha ausência vai ser extremamente didático.
Passar no vestibular é legal. Ver seu nome naquela lista dá uma sensação e gritar pela casa feito uma louca porque seu nome está lá é melhor ainda.
Fazer matricula e levar trote, com veteranos te chamando de bixete burra e afins, pode não parecer legal, mas é!
Fazer pedágio debaixo do sol meio dia, pode não parecer legal, e realmente não é, mas conhecer todo mundo no pedágio e saber que basicamente, todo mundo está tão desesperados quanto você, vale ficar com a marca da regata uns dias [mas não com GEOG escrito na sua testa].
Viver em uma Kitchnet, sem TV colorida [isso é só no meu caso gente, e só porque eu tenho preguiça demais pra chamar alguém pra arrumar a antena], comer mais miojo e comida congelada do que qualquer um pode suportar, SEM INTERNET [essa parte justifica porque eu não posto aqui desde [fill in the blanks with some day]], ficar trancada para fora da sua própria casa e não poder ligar pra sua mãe porque ela está a 200 km de distância, ouvir professores falando de assuntos que você nunca ouviu como se eles estivessem falando com você sobre BBB, OUVIR PROFESSORES FALANDO QUE VOCE NÃO PODE ASSISTIR BBB!...parece o pior pesadelo de qualquer um, e por um tempo realmente é, eu fiquei tipo “estudei tanto pra não ter nem cor na minha tv?”, mas depois de um tempo, quando eu aprendi que é realmente divertido tentar adivinhar a cor das roupas das pessoas, e aprendi que é legal você entender sobre o que o maldito do professor está falando E AINDA ASSISTIR BBB, eu chego a conclusão que, vale muito a pena!
Então...como todo post meu tem uma listinha.[ai q saudades das listinhas!!!]
5 coisas que uma “bixete burra” pode passar para as futuras gerações:
- miojo combina com tudo! [manteiga, creme de leite, requeijão, cebola, alho, tomate, molho que sobrou do strogonoff....]
- Vão te dar um apelido, e por mais que você não goste dele, ele vai pegar! Eventualmente você se acostuma a ser chamado de uma coisa que você não entende porque. [eu sou Wally, tipo o cara do livrinho sabe?!]
- Quem não tem internet em casa sempre fica com a dúvida cruel entre usar um computador ruim e grátis ou pagar pra usar um melhorzinho: TODA MOEDA CONTA!!!
- A primeira vez que você perder hora, você vai sentir falta da sua mãe gritando mais do que o horário permite pra você levantar da cama.
- Não importa onde você mora e nem para onde você está se mudando... a sua cidade, e a sua casa sempre parecerão melhores do que o lugar que você está, pelo menos nas primeiras semanas! [a parte legal é que rolam altos debates sobre como a sua cidade é mais legal que a do outro]

É isso pessoas!
Voltei com um post meio sem graça! Mas...VOLTEI! e vou tentar não sumir daqui desse jeito de novo.
Agora tenho que correr, porque a minha mãe fez panquecas, e eu não vou ter dessas quando voltar pra Rio Claro.
Foto: o que realmente acontece comigo quando eu sento pra estudar, no meu curso [eu faço geografia] dizem que quem sobrevive ao primeiro ano, sobrevive a tudo que possivelmente venha depois.

5 freckledmaníacos.:

camila disse...

conheço uma pessoa que fez geografia em rio claro e hoje em dia (além de ter se casado esse ano) mora por aí :D
[vale frisar que é apenas uma conhecida]

estou com medo de talvez ter que morar sozinha ano que vem se eu passar em alguma faculdade longe da minha cidade (esquece, fazer faculdade na minha cidade é fora de cogitação! --')
mas ao mesmo tempo estou empolgada.

xxx

Dóri disse...

Ano que vem vou ter que passar pelo mesmo perengue, to até vendo. HAHAHA

Maah ~ disse...

Minha mãe e meu pai fazem geografia, só que aqui em Alfenas, na federal (:
É, todos dizem que o curso é realmente interessante e que os professores são um bando de doidos (além de concentrar a maior parte dos maconheiros da faculdade, erm.)
Mas eu quero mesmo é fazer história, que graças a Deus tem aqui na minha cidade, então eu não vou precisar de passar por tudo isso. Eu acho.

It's me, Phone! disse...

deve ser muito bom fazer faculdade, assim como tá sendo fazer o Em em uma escola técnica *-*

Ser bixo é FODA, to com saudades..

e sobre apelidos, bom..

eu sou o Telefone, sem mais e_e

Ana.Ou você a ama,ou você quer socá-la; disse...

É, miojo combina com tudo mesmo.E se, por algum milagre da vida, eu resolver querer passar no vestibular, eu acho que também vou ficar feliz.

E sabe, morro de medo,mas tenho certeza que, apesar de xingar minha mãe e detestar morar com meus pais horrores, na primeira semana em que eu estiver morando sozinha eu vou querer voltar.

Home is where the heart is after all...

xx

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin