terça-feira, 28 de julho de 2009

A Gripe do Porquinho Me Deixa...

Pessoal, eu estou no terceiro ano colegial.

Terceiro ano colegial é uma coisa que você quer que acabe logo, que você quer deixar rolar porque no fim do ano você quer prestar um vestibular (no meu caso, ao menos), sair um pouco da cola dos pais, mudar de cidade, sei lá.


Tá certo.


Segunda-feira recomeçaram as minhas aulas no terceiro ano colegial. O lema que já estava na minha mente era: 'Vamos pensar positivo, são só mais 4 meses, depois a gente se forma'. Mas então? Então que nada, hoje eu já estou de férias de novo até o dia 17 de agosto.


Tudo bem. Não quero pegar a H1N1 (vulgo gripe suína, nova gripe, influenza A, gripe do porco). Tá certo.


Mas também não posso andar de ônibus com frequência. O que eu vou fazer nessas férias prolongadas?


O certo era eu me enfiar em uma bolha e ficar em casa até elas acabarem, mas daí então entrarei em uma síndrome de Tarso Cadore e essas coisas não têm volta. Eu sou uma pessoa muito agitada.


Com as minhas prováveis duas festas de aniversário, uma será antes das férias.


Esse negócio é surreal.


Imagina se estica até o dia 21 de agosto? Primeiro aniversário que eu passo de férias, nunca fui gringa, né.


Mas não estica não, por favor! Eu tenho que repor todas essas aulas depois, logo, não tenho mais 4 meses de aulas apenas. Ou talvez tenha, mas terei de frequentar a escola aos sábados. O que não vai ser divertido.


Nem sei mais o que dizer.


Mas eu vou deixar uma dica importante pra vocês...


A máscara que pode nos prevenir quase que totalmente do contágio é a ilustrada abaixo. As cirurgicas podem piorar (estas só devem ser usadas pelas pessoas que estão contagiadas).

A máscara acima filtra o ar que você respira, segurando as impurezas em um reservatório. Deve ser trocada toda semana.


Mas sabe o que eu acho injusto também? A irresponsabilidade do hospital e de alguns contagiados!


Hospital: Se a pessoa vai no hospital e tá com sintomas, interna, pô. Não interessa.

Alguns contagiados: Se você tá com febre, peão, não fica aí esperando o Ravi vir te buscar de elefante. Vai pro hospital. De carro, se possível, por favor.

Também estou lendo um livro chamado "Cultura do Medo"... Ele trata dos medos que são grandes que deviam ser mínimos, e cita epidemias do tipo... Juro que vou tentar controlar o meu medo.

Sabe, quem aumenta o nosso medo é a mídia. Lembram dos Nardoni? Pois é, as pessoas sabem como persuadir.

E do Michael Jackson? Não estão mais falando dele na mídia?
E o Aquecimento Global?
E o Sarney?

4 freckledmaníacos.:

·caMM's disse...

a questão é que o número de pessoas que vai com RESFRIADO pro hospital e implora pra ser internado pra não morrer fazendo OINC é ENORME. é que tu não lida com a área de saúde e, teoricamente, eu só estudei tal coisa, por enquanto, mas existem casos completamente absurdos. as pessoas são mais psicologicamente doentes que doentes de verdade e começa a surgir febre pra lá e pra cá, tudo proveniente da cabeça deles. um calorzinho e 'OMG HOSPITAL INTERNAR MÁSCARA!'.

odeio as pessoas.

Dóri disse...

Mas o problema é que muitas pessoas morreram porque ficaram em casa esperando a febre fazer as malas e ir embora...
Isso que é dose.

Yago disse...

eu to com dor de cabeça,dor no corpo fraqueza e tossindo e espirrando sem parar.Minha vó ta achando que eu to fazendo graça só por causa da gripe suína,sendo que obviamente eu num tô com isso né aushauhas.essa gripe é uma desgraça,mas acho digno essas férias prolongadas FATAO

Fly Hobbs disse...

HAHA adorei o post!
Do Ravi foi otimo.Olha concordo com tudo e acrescento: ficar em casa sem fazer nada vai ser uó! Eu tava louca para voltar pro meu Técnico e nao vai dar.Esses porquinhos acabaram com a gente.

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin