quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Conquistando a Massa - Versão 2010

Ano passado utilizei de uma foto do nosso grande e saudoso Big Brother Ralf, aquele mesmo que talvez tenha feito sexo dentro da casa do Big Brother e que causava ciúmes doentios naquela loira chamada Milena. Provavelmente eles não estão mais juntos, mas a vida continua, né?
Como o Big Brother esse ano é dos gays e do Marcelo Dourado, que ressurgiu das cinzas (cadê a festa tema Halloween pra ele brincar de bruxinho?), decidi postar essa foto animada de Dicésar e Sr. Orgastic (desculpa aí, Serginho nunca vai colar pra mim).
Falando ainda em Big Brother, e voltando ao Dourado, que absurdo, hein? É por conta de pessoas como ele, que alegou que nunca vai pegar AIDS porque não é gay, que o nosso país ainda não foi pra frente (apesar de estar tentando incessantemente, até copiando o modelo do Euro e transformando o Real em uma notinha de Banco Imobiliário falsificado)! E desde quando Andrea Bocelli pinta quadros, Marcelo Dourado? Sinceramente, eu tenho dó de você. E terei dó mesmo se você embolsar 1 milhão e meio de reais, a não ser que você invista em estudos.
Estudo é essencial hoje em dia. Pobre da Elenita, ela é uma pessoa boa. Estudada. Inteligente. Só jogaram ela no meio de um bando de macacos, e, então, ela não consegue se entender com eles. Palmas pra você, Elenita! Eu não estou torcendo pra ninguém ganhar esse Big Brother, mas eu te admiro pela coragem de se meter nesse nicho. Peito, bunda, barriga... A gente tira e coloca com dinheiro, né? Agora, conhecimento... Esse é para os inteligentes.
(Aliás, o blog da Elenita é bem interessante)
Não que seja inteligente adentrar um programa como o Big Brother, quanto menos assisti-lo. Sempre tentei entender o porquê de assistir e conseguir comentar, mas segunda-feira, na faculdade, eu tive uma luz após a fala de um professor: É a tal necessidade de estar por dentro de todos os assuntos.
E, realmente, passei a analisar toda a minha vida... Eu sei o que acontece na política, no futebol, ali do outro lado do mundo, quem morreu (confesso que todos os dias eu jogo a palavra 'morreu' no Google News)... Sei lá, afinal, eu vou ser jornalista. E, mesmo que não fosse, eu sempre fui meio curiosa.
Até demais.
Minha curiosidade já chegou a irritar algumas pessoas, aliás.
E, me explicando melhor... Inteligência não é conhecimento. O conhecimento é um complemento. Caminha, é claro, muitas vezes de mãos dadas com ela.
Mas quem é inteligente pode fazer qualquer coisa.
Aliás, resgatando um pouco o post do ano passado... Eu li 1984, finalmente. E fiquei fascinada.
Ainda tenho a mesma opinião sobre Crepúsculo e ainda apóio a versão cinematográfica de Dom Casmurro com Zac Efron.


P.S.: Pra quem ainda tá me cobrando o restante das piores coisas da década... Eu juro que vou terminar... Eu juro... Quando? Não sei.
Mas eu ando meio atolada de coisas a escrever...

2 freckledmaníacos.:

·caMM's disse...

Discordo de muita coisa. Eu também sou muito curiosa e adoro saber das coisas, mas não faço questão nenhuma do "conhecimento" proporcipnafo por BBB.

Guilherme disse...

eca... precisava ser ESSA foto ?

não sou preconceituoso, mas sempre que vejo uma foto me imagino no lugar de quem está nela...

foi desagradável...
=X

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin