terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Síndrome de Paulo Coelho e Outras Histórias



Depois do meu último post, sinto-me como se fosse a última Coca-Cola do Deserto. É, eu sou, porque só eu o entendi bem. Muitas pessoas chegaram muito perto, mas enfim, eu morrerei pobre, sozinha e bêbada e depois de 100 anos reconhecerão o meu talento.

Ou não.

Há tempo para a salvação. Descobri isso hoje pela manhã, enquanto lia o jornal mais barato da cidade, o Notícia Já.

É um jornal popular. É vendido no sinaleiro pelo preço módico de sessenta centavos, todos os dias possui uma mulher diferente de biquíni na folha de rosto, e é feito por jornalistas (ou não) com síndrome de Paulo Coelho (ou não).

A síndrome de Paulo Coelho é um problema gravíssimo, detectado pela excelentíssima professora de português Grácia de Alguma Coisa e por outros gênios da mesma estatura. Foi, imediatamente, reprovada pelo meu olhar número-alguma-coisa, e o meu primeiro pensamento foi vender O Diário de Um Mago para o sebo. Eu realmente fui, mas nenhum dos sebos teve interesse em adquiri-lo.

Pra você que nunca se deu conta da existência da Síndrome, eu explico. A síndrome de Paulo Coelho consiste em fazer o seu portador acreditar que a população é ignorante demais para detectar possíveis erros de português nos textos redigidos por ele, portanto, este não aceita editores.

Então, meus caros, não se espantem ao ler 'degrais' em algum livro do Paulo Coelho (o alquimista. Transforma merda em ouro) ou "Catarina larga de Wanderlei porque ele é MAXISTA" no Notícia Já. MAXISTA. Eu bati o olho e li marxista, juro pra vocês, ainda mais porque estou sem meus óculos, mas depois eu li direito e vi que eles queriam dizer machista mesmo.

(Perdão pra quem vê a novela e não gosta de Spoiler)

Graças a Deus eu não sofro da Síndrome de Paulo Coelho. Só não mando os meus textos do blog para um editor porque... Bem, vocês sabem o porquê. Entendem, quero dizer. Mas, mesmo assim, eu faço o possível para não cometer erros de português aqui.

Mas enfim, vamos às Outras Histórias.

Ontem eu comecei a jogar aquele joguinho do Orkut, TypeRacer, e descobri que sou muito lerda pra digitar. E olha que eu achava que digitava rápido... E olha que eu não digito só com dois dedos, e sim, com todos. Mas enfim, isso não atrapalha o curso da minha vida, até então.

Também comecei a resolver ontem a prova específica de Direito da PUC. Calma, calma, não é nada jurídico, é pura História, Português e Geografia... Eu resolvi 16 questões até agora, e acertei 10. Acho que não estou indo tão mal assim, levando em consideração o fato de que eu ainda não estudei nada para o Vestibular.

Estou sendo pega pela síndrome do Vestibular.

Mas eu sou o Bixo. Eu sou predador. E apesar de esse ser o slogan de um cursinho concorrente do meu, tô nem aí.

Esse cursinho concorrente é maléfico. Lembro que fui fazer a prova pra ingressar no colégio técnico e tinha umas pessoas com a camiseta de lá, escrita: SUA VAGA É MINHA!

Enfim, é hora de morfar.

3 freckledmaníacos.:

.Boo* disse...

camisetas de cursinho me assustam!
todas elas....[inclusive a do meu]

Thádia disse...

minha camiseta do 3º ano tava escrita :
" Preocupado com o vestibular??
Relaxa... Sua vaga já é minha!"
hehe
coincidencia neh?!

ah e por acaso agora eu sou BIXO tbm...
ou melhor bixete...

boa sorte nas suas provas, pq a tal síndrome do Vestibular é um saco msm!

Mandi disse...

Não gosto do Paulo Coelho, nem como pessoa e nem como escritor.
BOA SORTE NAS SUAS PROVAS, CHEFA. AHEIUHAEIOUAHEOAIE :D

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin